Concursos: 10 órgãos devem oferecer 2 mil vagas até o fim do ano


O segundo semestre de 2015 reserva boas oportunidades para candidatos que desejam conquistar uma vaga em um concurso público. O número de oportunidades, em seleções confirmadas ou já autorizadas pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) chega a 2.027 vagas, segundo levantamento do G1 (veja a relação no fim desta reportagem).
O segundo semestre de 2015 reserva boas oportunidades para candidatos que desejam conquistar uma vaga em um concurso público. O número de oportunidades, em seleções confirmadas ou já autorizadas pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) chega a 2.027 vagas, segundo levantamento do G1 (veja a relação no fim desta reportagem).
A Lei Orçamentária Anual (LOA) prevê a criação de 27.917 vagas para contratações por concurso público em 2015. A Lei nº 13.115 foi publicada em abril. Os dados são do site do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. O número é maior do que as 24,8 mil vagas previstas no anexo V da proposta do orçamento federal, enviado ao Congresso Nacional em agosto do ano passado.
Levantamento feito pelo G1, em janeiro deste ano, apontou que o número de vagas previstas em órgãos de níveis federal e estadual, além de capitais, em 2015 chegava a 21,6 mil.
A Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aguardam autorização do Ministério do Planejamento para realizar novos concursos.

VEJA CONCURSOS QUE DEVEM PUBLICAR EDITAL ATÉ DEZEMBRO:
1) Advocacia-Geral da União (AGU)
84 vagas para advogado da União da 2ª categoria
Organizadora: Cespe/UnB
Segundo o órgão, edital será divulgado em 14 de julho

2) Aeronáutica
34 vagas para atividades da área industrial do Instituto de Fomento e Cooperação Industrial (IFI):
- 22 para a área de engenharia
- 3 para a área de administração e economia
- 9 para área técnica
Autorizado em 3 de março

3) Agência Nacional de Aviação Civil (Anac)
150 vagas:
- 65 para especialista em regulação de aviação civil (nível superior)
- 25 para analista administrativo (nível superior)
- 45 para técnico em regulação de aviação civil (nível médio)
15 para técnico administrativo (nível médio)
Autorizado em 24 junho; edital deve sair até dezembro deste ano

4) Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)
34 vagas:
- 14 para técnico em regulação de petróleo e derivados, álcool combustível e gás natural
- 20 para técnico administrativo
Autorizado em 24 junho; edital deve sair até dezembro deste ano

5) Agência Nacional da Saúde Suplementar (ANS)
102 vagas:
- 36 para técnico em regulação de saúde suplementar
- 66 para técnico administrativo
Autorizado em 24 junho; edital deve sair até dezembro deste ano

6) Fundação Nacional do Índio (Funai)
220 vagas:
- 208 para indigenista especializado (nível superior)
- 7 para engenheiro (nível superior)
- 7 para engenheiro agrônomo (nível superior)
Autorizado em 22 de abril; edital deve sair até outubro deste ano

7) Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)
950 vagas:
- 800 para técnico do seguro social (nível médio)
- 150 para analista do seguro social (nível superior)
Autorizado em 29 de junho; edital deve sair até dezembro deste ano

8) Ministério da Educação (MEC)
321 vagas:
- 58 para médico (nível superior)
- 44 para enfermeiro (nível superior)
- 20 para fisioterapeuta (nível superior)
- 7 para psicólogo (nível superior)
- 8 para fonoaudiólogo (nível superior)
- 167 para técnico de enfermagem
- 13 para técnico de laboratório
- 4 para técnico em radiologia
Autorizado em 17 de junho; edital deve sair até dezembro deste ano

9) Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG)
80 vagas para analista de planejamento e orçamento
Organizadora: Esaf
Edital foi publicado em 30 de junho; inscrições serão abertas em 13 de julho

10) Serviço Geológico do Brasil
- 52 vagas para técnico em geociências (hidrologia) (nível médio)
Extrato de dispensa de licitação com a escolha da organizadora foi divulgado em 19 de março


Fonte Araruna1
Compartilhe no Google Plus

Sobre rivaildo

Texto.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: