Professor é assaltado em JP e diz que bandidos estariam com seringa contaminada co

Polícia Militar realizou rondas
Um professor de 34 anos foi assaltado em frente de uma loja de conveniência na praia de Tambaú, na Orla de João Pessoa, por um grupo de pessoas que teria dito estar portando uma seringa contaminada com HIV, o vírus da AIDS. O caso ocorreu no fim da terça-feira (24), mas a informação só foi divulgada nesta quinta-feira (26). 

Conforme consta no relatório da Polícia Militar, a vítima estava no local quando foi surpreendida pelas pessoas, que diziam ser homossexuais e exigiam que o professor entregasse os pertences, caso negasse, seria ferido por uma seringa com sangue contaminado com HIV. 

Ainda segundo dados da PM, as pessoas roubaram R$ 200, um notebook e outros pertences da vítima. Uma equipe Companhia Especializada de Apoio ao Turista (Ceatur), da Polícia Militar da Paraíba, esteve no local e levou o professor para o Distrito Integrado de Segurança Pública (Disp), de Manaíra, onde a ocorrência foi registrada. 

De acordo com a diretora-geral do Hospital Clementino Fraga, Adriana Teixeira, caso alguma pessoa seja ferida com alguma seringa, que esteja possivelmente contaminada, deve procurar um tratamento especializado em 48 horas. 

“Ficamos sabendo do caso do professor, mas ele não procurou nossa equipe. As pessoas devem procurar o mais rápido possível o Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa, que é referência na Paraíba em doenças infectocontagiosa, para a profilaxia, que não é 100% de eficaz, conforme o Ministério da Saúde. Não podemos ficar refém do medo depois a propagação desse tipo de contagio. Há mais de um mês houve um registro no hospital de duas mulheres que teriam contraído a doença após terem sido feridas por seringas em um ônibus da Capital. Mas, nada oficial. É apenas a suspeita”, revelou. 

Conforme Teixeira, entre janeiro e fevereiro de 2015, 57 novos casos de pessoas contaminadas por HIV foram registrados na Paraíba. Desse número, 18 em janeiro e 39 em fevereiro. “Por semana, a gente contabiliza 7 novos casos registrados no Clementino Fraga”, falou.
O Clementino Fraga fica rua Estér Borges Bastos, 599, bairro de Jaguaribe, em João Pessoa; telefone (83) 3218-5416.

Fonte Portal Correio
Compartilhe no Google Plus

Sobre rivaildo

Texto.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: