Na PB, 64 municípios podem solicitar novas vagas no 'Mais Médicos'

O novo edital do programa Mais Médicos prevê que 64 municípios da Paraíba podem solicitar novas vagas este ano. Municípios e médicos deverão aderir ao novo edital até os dias 28 e 29 de janeiro, respectivamente. O Ministério da Saúde pretende expandir o programa para assegurar profissionais em municípios com dificuldade de atendimento na Atenção Básica.
Campina Grande e João Pessoa estão na lista dos municípios que podem aderir ao programa em 2015. 

Confira aqui a lista completa.
 
saiba mais 
A seleção, aberta na sexta-feira (16), abrange 424 cidades que ainda não participam do Mais Médicos. “A ampliação do Mais Médicos dá nova oportunidade a esses municípios que, por algum motivo, não puderam aderir ao programa”, ressaltou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.
Estão na lista os municípios paraibanos de Alagoa Grande, Alagoa Nova, Arara, Areia de Baraúnas, Aroeiras, Barra de São Miguel, Bayeux, Belém, Boa Ventura, Bom Jesus, Bom Sucesso, Bonito de Santa Fé, Brejo do Cruz, Caaporã, Cabedelo, Cachoeira dos Índios, Cacimba de Dentro, Cacimbas, Caiçara, Camalaú, Campina Grande, Casserengue, Conde, Coremas, Cuité, Curral de Cima, Damião, Esperança, Fagundes, Guarabira, Gurinhém, Ingá, Itaporanga, Itapororoca, Jericó, João Pessoa, Juazeirinho, Lagoa de Dentro, Lagoa Seca, Livramento, Malta, Mamanguape, Nova Floresta, Picuí, Pilar, Pitimbu, Pocinhos, Princesa Isabel, Puxinanã, Riacho dos Cavalos, Salgadinho, Salgado de São Félix, Santa Rita, Santana dos Garrotes, São Bento, São João do Rio do Peixe, São José da Lagoa Tapada, São Miguel de Taipu, Serra Branca, Serra da Raiz, Solânea, Sumé, Uiraúna e Umbuzeiro.
Os médicos brasileiros continuam tendo prioridade na seleção. Agora, ao invés de uma, eles terão três oportunidades para escolher o município em que irão atuar. Na inscrição, cada profissional definirá até quatro cidades de diferentes perfis, conforme a sua prioridade. Os candidatos concorrem somente com aqueles que optarem pelos mesmos municípios e, quem não conseguir alocação, terá acesso às vagas remanescentes.
Compartilhe no Google Plus

Sobre Administrador

Texto.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: