Paraíba deve alcançar R$ 2,6 milhões na Feira Internacional de Moda em Calçados e Acessórios até outubro



Em quatro dias de negociações, as empresas paraibanas negociaram R$ 1,24 milhão em produtos na 46ª Feira Internacional de Moda em Calçados e Acessórios (Francal). O valor será elevado nos próximos três meses após a concretização dos negócios iniciados durante o evento, que foi realizado entre os dias 15 e 18 deste mês, em São Paulo. A expectativa é que o valor final alcance R$ 2,6 milhões até outubro.
Doze empresas paraibanas expuseram seus produtos em um estande coletivo, que contou com o apoio do Estado da Paraíba, por meio da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Sebrae, Prefeitura Municipal de Campina Grande, Sindicato da Indústria de Calçados da Paraíba (Sindicalçados-PB) e Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep).
O setor calçadista tem grande importância na economia da Paraíba, visto que possui cerca de 300 empresas em todo o Estado, empregando aproximadamente 25 mil funcionários, de acordo com dados do Sindicalçados-PB. Além disso, a Paraíba fechou o primeiro semestre como o segundo maior exportador do Brasil, ficando atrás apenas do Ceará no total de unidades exportadas, conforme a Associação Brasileira da Indústria de Calçados (Abicalçados).
O diretor administrativo e financeiro da Cinep, João Fernandes, considerou que a presença da Paraíba em mais uma edição da Francal foi positiva e destacou que o apoio ao setor calçadista é crucial para o seu desenvolvimento. “A participação na Francal foi importante para mostrar a qualidade dos produtos fabricados na Paraíba, e consequentemente, conquistar novos mercados. Apoiar as empresas do setor calçadista é essencial porque é uma atividade muito importante para a nossa economia”, observou.
Para o presidente do Sindicalçados-PB, Sebastião Acioly, o balanço dos resultados da Francal vai além dos valores das negociações. “O mais importante é o contato que é feito com os lojistas. Em feiras como a Francal, a empresa mostra o que tem produzido e as novidades para o mercado. Isso tudo é importante para atrair a atenção dos lojistas, que acabam fazendo mais pedidos nos dias seguintes ao evento”, destacou.
Segundo o presidente da Francal Feiras, Abdala Jamil Abdala, o evento marcou o início do segundo semestre para o setor e a expectativa é que o desempenho seja melhor em relação aos seis primeiros meses deste ano. “Para o setor de calçados, o ano começou agora. A Francal é o primeiro evento depois da Copa do Mundo e estamos satisfeitos por termos superado as expectativas, que não eram boas em função do primeiro semestre fraco. A feira serviu para revitalizar o relacionamento entre indústria e varejo”, afirmou.
A Francal é a feira oficial dos lançamentos das coleções primavera-verão, a temporada de vendas mais longa para o varejo. As coleções apresentam uma enorme diversidade de modelos e são renovadas constantemente de agosto a março, impulsionando de forma contínua os negócios do varejo nacional no período. Esta edição recebeu 40.800 visitantes profissionais, sendo 17.505 lojistas de todos os Estados brasileiros e 1.015 compradores de 60 países

Fonte Araruna1
Compartilhe no Google Plus

Sobre rivaildo

Texto.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: