Sete pessoas são detidas suspeitas de tráfico de drogas, roubo de veículos e assaltos, em Campina


Sete pessoas foram detidas suspeitas de tráfico de drogas, roubo de motos e assaltos em bairros de Campina Grande. A prisão de duas quadrilhas foi comandada por policiais da Força Tática do 2º Batalhão de Polícia Militar, na noite dessa segunda-feira (20). Um dos grupos presos era comandado por uma mulher de 49 anos.
Segundo informações do tenente coronel, Souza Neto, comandante do batalhão, no bairro Vila Cabral de Santa Rita, dois homens de 21 e 34 anos e um adolescente de 17, foram detidos durante uma inspeção policial na comunidade. Souza Neto confirmou que o trio comercializava drogas no meio da rua.
- Foi feito um levantamento prévio e quando fizemos a saturação prendemos dois e apreendemos o menor. Eles trocaram tiros com os policiais da Força Tática, mas graças a Deus, ninguém se feriu. Conseguimos apreender diversos papelotes de maconha, além de um toca, um revólver calibre 38 municiado e duas motocicletas e um carro – comentou Souza Neto.
O trio foi levado para a Central de Polícia Civil onde vítimas o reconheceram como assaltantes de motos. “Quando eles chegaram na delegacia, pessoas reconheceram o trio como ladrões de motos. Os maiores foram autuados e levados para um dos presídios de Campina Grande”, disse o tenente-coronel.
No bairro Mutirão, uma mulher de 49 anos foi presa sob acusação de comandar uma quadrilha de assaltantes na comunidade. Maria do Socorro Quirino dos Santos, conhecida como ‘Grude’, chefiava dois menores de 16 anos e um jovem de 18, que praticavam crimes, após ordens da mulher, conforme apontou levantamento feito pela Força Tática do 2º Batalhão. Com o grupo, os policiais apreenderam duas espingardas calibre 28, um revólver calibre 22 com 7 munições .
Quadrilha apreendida no Mutirão
Fonte Portal Correio
Compartilhe no Google Plus

Sobre rivaildo

Texto.
    Blogger Comment
    Facebook Comment