Governador adia reajuste salarial dos servidores; anúncio será feito após votação da LOA

Por orientação dos secretários da equipe econômica, o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), adiou, ontem, o anúncio dos percentuais do reajuste salarial dos servidores estaduais. A informação é do secretário de Comunicação do Estado, o jornalista Luis Torres.
O anúncio dos percentuais do aumento estava previsto para esta quinta-feira (16), mas só vai ser feito depois que a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) votar e aprovar a Lei Orçamentária Anual (LOA), o que só deve acontecer na próxima semana. A data-base dos servidores é 1º de janeiro e foi criada pelo governador Ricardo Coutinho depois que os servidores passaram mais de dez anos sem correção salarial.
De acordo com Luiz Torres, o governador acatou a orientação da equipe econômica porque não poderia “jogar no escuro”. Ou seja: o governo não tem como avançar nos cálculos e nos percentuais do reajuste sem saber como os deputados estaduais vão aprovar a Lei Orçamentária Anual.
O governador espera que os deputados aprovem a LOA sem prejudicar a programação de obras e investimentos feita pelo governo. A LOA deveria ter sido votada e aprovada desde o dia 20 de dezembro do ano passado, mas o cabo de guerra entre deputados governistas e oposicionistas impossibilitou a aprovação.
O próprio governador Ricardo Coutinho manifestou sua preocupação com a falta de compromisso de alguns deputados, que, ao retardarem a votação da LOA, estão prestes a prejudicar muita que tem dinheiro a receber do Estado, inclusive os servidores.

Fonte Portal Correio
Compartilhe no Google Plus

Sobre rivaildo

Texto.
    Blogger Comment
    Facebook Comment