Maranhão polemiza voto de repúdio a RC na ALPB e faz render ainda mais a ‘surra de vara’ prometida por socialista


Maranhão polemiza voto de repúdio a RC na ALPB e faz render ainda mais a ‘surra de vara’ prometida por socialista

Depois dos deputados da bancada de oposição polemizar as declarações do governador Ricardo Coutinho (PSB), sobre ter prometido uma ‘surra de vara’ nas urnas nas eleições de 2014, e o posterior menosprezo do socialista diante da movimentação dos adversários, agora foi a vez do ex-governador José Maranhão por mais lenha na pendenga e fazer render ainda mais a promessa do ‘mago’.
O ‘mestre de obras’, que chegou a governar a Paraíba por uma década comentou o voto de repúdio aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa da Paraíba às declarações do governador disse que nunca tinha presenciado um fato, nesses moldes, em toda a sua vida pública.

“Nunca houve isso na vida pública da Paraíba, quiçá do Brasil, um governante em pleno exercício do cargo ter o seu nome rejeitado pelo parlamento de forma unânime”, cutucou.

Mesmo sem nunca ter presenciado um fato desses, Maranhão não perdeu a oportunidade de provocar o adversário socialista, de quem já foi aliado, para afirmar que o ‘tal voto de repúdio’ contra Ricardo Coutinho já deveria ter ocorrido, mas não devido a promessa da ‘surra de vara’ nos opositores, mas sim por ter implantado medidas impopulares

“Primeiramente, ele vem governando de costas para o povo da Paraíba e, depois, age como se a Paraíba não existisse antes do seu governo, qualquer dia desses nós vamos assistir o governador convidar a sociedade paraibana para inauguração da Ponte Sanhauá”, ironizou o ex-governador, utilizando da mesma figura linguística de Ricardo Coutinho para tratar sobre o tema.

Essa semana, quando foi provocado para comentar sobre o voto de repúdio, Ricardo Coutinho se utilizou também da mesma ironia para relatar o fato.

“Eu fiquei tão preocupado que acho que estou pensando até em paralisar as obras de todo o Estado”, arrematou o socialista, ao completar que tinha mais o que fazer.


Márcia Dias

PB Agora
Compartilhe no Google Plus

Sobre rivaildo

Texto.
    Blogger Comment
    Facebook Comment