Ex-reitor da UFPB é achado morto dentro de escritório, em João Pessoa

O ex-reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Jader Nunes Oliveira, foi achado morto na manhã desta quinta-feira (5), no escritório localizado dentro da casa dele em João Pessoa. Ele tinha 66 anos. De acordo com informações da família de Jader, o ex-reitor pode ter sido vítima de um infarto fulminante.

Familiares informam ainda que o corpo vai ser velado no hall da UFPB durante a tarde desta quinta-feira (5) e sepultado na manhã desta sexta-feira (6) no cemitério Senhor da Boa Sentença, no Varadouro, na Capital.

Jader Nunes nasceu em Fortaleza, no Ceará, se formou em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Pernambuco e fez mestrado em Engenharia de Produção na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. O ex-reitor da UFPB começou a jornada como professor em 1978 e ficou à frente da universidade paraibana por oito anos, de 1996 a 2004, em dois mandatos.

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, divulgou nota de pesar pelo falecimento de Jader Nunes. Ele "lamenta o falecimento do ex-reitor da UFPB" e, manifestou o "sentimento de pesar pela perda do homem, acadêmico e gestor que prestou relevantes trabalhos à sociedade"

A Universidade Federal de Campina Grande também se manifestou sobre a morte de Jader e divulgou nota "em nome de toda a comunidade acadêmica da instituição" com "o mais profundo pesar pelo falecimento do professor e ex-reitor da UFPB, ao mesmo tempo em que presta condolências a familiares e amigos enlutados pela irreparável perda".

portal correio
Compartilhe no Google Plus

Sobre rivaildo

Texto.
    Blogger Comment
    Facebook Comment