Evangélicos esperam reunir mais de 30 mil na 'Marcha Para Jesus', neste sábado, em JP



A Associação de Pastores Evangélicos da Paraíba promove na tarde deste sábado (14), a Marcha Para Jesus 2013 que deve reunir cerca de 30 mil pessoas de pelo menos 500 igrejas de 30 denominações evangélicas, somente de João Pessoa. Apesar disso, a organização do evento informa que quase todas as cidades da região metropolitana já confirmaram a formação de caravanas que virão à Marcha. Além da caminhada, haverá uma série de ações sociais em oito localidades da Grande João Pessoa, durante a manhã.
A partir das 8h, equipes compostas por vários profissionais vão percorrer os bairros Bessa, Rangel, Roger, Mangabeira, Bancários, Expedicionários e Treze de Maio, em João Pessoa, e na cidade de Bayeux, na região metropolitana, para proceder com atendimentos médicos, odontológicos, psicológicos, nutricionais, do Procon, de advogados e serviços de cabeleireiros.
Durante a tarde, a concentração está marcada para as 16h nas imediações da Praça das Muriçocas, no bairro de Miramar, em João Pessoa. A caminhada começa às 17h, vai para a Avenida Epitácio Pessoa, segue pela principal via da Capital até o Busto de Tamandaré, na orla, em percurso que deve durar cerca de uma hora e meia, guiado por trios elétricos. O encerramento vai ocorrer com shows de música gospel, pregação e louvor com a participação do pastor Silas Malafaia.
De acordo com o coordenador da Marcha, pastor Kerly Carneiro, o tema abordado este ano é ‘Pela Vida e Pela Paz’ e a caminhada pretende reunir não só evangélicos, mas também “todos os que queiram promover a paz”.
São mais de 500 igrejas, de 30 denominaçõesFoto: Participantes da edição 2011
Créditos: Jornal Correio da Paraíba
Quanto à possibilidade de haver protestos devido à presença de Silas Malafaia, Kerly afirma que não há motivos para preocupação porque o pastor virá a João Pessoa para fazer louvor e pregação, sem espaço para polêmicas.
Todas as informações sobre a edição 2013 da Marcha Para Jesus estão na fanpage oficial do evento no Facebook. Os interessados em participar também podem comprar uma camisa que custa R$ 10.
Segundo o pastor Kerly Carneiro, a Marcha ocorre há 10 anos e a única vez que não pode ser promovida foi em 2012, quando não havia uma proposta social adequada que fosse somada à caminhada.
Quanto à organização do trânsito, a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana da Capital disse ao Portal Correio que ainda está preparando o esquema especial para garantir a segurança dos participantes e agilidade nos desvios. A Semob informa ainda que esse planejamento só deve ser divulgado no dia que antecede a marcha, ou seja, na sexta-feira (13).
Fonte Portal Correio
Compartilhe no Google Plus

Sobre rivaildo

Texto.
    Blogger Comment
    Facebook Comment