Gestante invade hospital para não ser morta a facadas pelo ex-companheiro


Hospital Santa Filomena

Josinaldo da Silva foi preso neste domingo (29), em flagrante, quando tentava assassinar a ex-esposa Ângela Maria da Silva – que está grávida de seis meses - a golpes de faca peixeira. Para fugir da fúria do ex-marido, a gestante invadiu um hospital público. O caso ocorreu na cidade de Monteiro, no Cariri paraibano.
De acordo com o capitão Cláudio Alves, comandante da 1ª Companhia de Monteiro, do 11º BPM, a mulher revelou que Josinaldo da Silva não aceitava o fim do relacionamento e teria ameaçado a ex-companheira de morte caso ela não reatasse o romance.
Com medo de ser morta, a grávida procurou refúgio no Hospital Santa Filomena. A Polícia Militar foi acionada e ao chegar na casa de saúde encontrou o homem de posse de uma faca peixeira. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, em Monteiro.
“Ângela Maria ainda foi agredida por ele, mas ela e o bebê passam bem. Colhemos no local que além dele não aceitar o fim do relacionamento, o homem também é usuário de crack e estaria sob o efeito da substância quando tentou matar a ex-esposa”, disse o capitão Cláudio Alves.
Paraíba Mix
Compartilhe no Google Plus

Sobre Administrador

Texto.
    Blogger Comment
    Facebook Comment