Justiça condena ex-prefeito de Cacimba de Dentro


A Justiça Federal condenou o ex-prefeito de Cacimba de Dentro Clidenor José da Silva por improbidade administrativa. Ele teria cometido irregularidades em três convênios firmados com o Ministério do Turismo para a realização das festas juninas da cidade. Entre as sanções, está a suspensão dos direitos políticos por cinco anos.
A sentença foi dada pelo juiz da Tércius Gondim Maia, da 12ª Vara da Justiça Federal, e publicada nesta terça-feira (27) . A denúncia contra o ex-prefeito foi feita pelo Ministério Público Federal em 2011.
Os convênios em que o Ministério Público Federal aponta as irregularidades foram firmados em 2006, 2007 e 2008. No total, o Turismo repassou para a prefeitura R$ 225 mil. Entre os problemas está a prestação de contas atrasadas em dois deles e a falta de prestação de contas no outro, o que fez com que Cacimba de Dentro fosse inserida no cadastro de inadimplentes no Siafi. A acusação pontua ainda que o prefeito emitiu cheques de pagamento relativos a um convênio foram do prazo da sua vigência e também teria contratado irregularmente duas produtoras de shows.
Além da suspensão dos direitos políticos, Clidenor também foi condenado a ressarcir o dano causado ao erário no valor de R$ 231, 7 mil e ao pagamento de multa civil no mesmo valor. O ex-prefeito ficou proibido de contatar com o poder público por um período de cinco anos .
O ex-prefeito Clidenor José da Silva ainda pode recorrer da decisão do juiz Tércius Gondim Maia.
Jhonathan Oliveira
Jornal da Paraíba via Araruna1
Compartilhe no Google Plus

Sobre Administrador

Texto.
    Blogger Comment
    Facebook Comment