Catorze municípios da Paraíba são vulneráveis a desastres naturais, aponta CNM

Os desastres naturais mais comuns registrados no Brasil são decorrentes de inundações, alagamentos, enxurradas, deslizamentos, estiagens, secas e vendavais

 

Catorze municípios paraibanos estão na lista dos mais suscetíveis e vulneráveis à ocorrência de desastres naturais. A lista foi divulgada nesta quinta-feira (1º) pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM).
Dos municípios paraibanos, aparecem na lista da CNM: Pitimbu, Alagoinha, Coremas, Caaporã, Sapé, Mataraca, Bayeux, Sousa, São Bento, Campina Grande, Patos, Alagoa Grande, Mulungu e Cabedelo.
A partir dessa listagem, um mapeamento das áreas de risco – feito com base no número de mortes, frequência de grandes eventos destrutivos e população atingida ou afetada – objetiva antecipar medidas para a redução de danos.
Os desastres naturais mais comuns registrados no Brasil são decorrentes de inundações, alagamentos, enxurradas, deslizamentos, estiagens, secas e vendavais. Nos ambientes urbanos, onde se concentra a maioria da população brasileira, as inundações, as enxurradas e os deslizamentos de solo ou rocha são os eventos que causam os maiores impactos.
De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios, com a análise das vulnerabilidades locais, será viável promover um trabalho de elaboração de propostas de intervenções, ou seja, ações para diminuição do risco de deslizamentos e inundações nos municípios. O governo pretende desenvolver ações de gerenciamento de risco de desastres em 821 Municípios até o fim de 2014.

Compartilhe no Google Plus

Sobre Amaury O. Alves

Texto.
    Blogger Comment
    Facebook Comment