Lagoa Seca: família de produtor rural vive momentos de terror na mira de quadrilha de assaltantes na zona rural

Lagoa Seca: família de produtor rural vive momentos de terror na mira de quadrilha de assaltantes na zona rural
 Já foi o tempo em que o interior era sinônimo de paz e tranquilidade. A vida simples e pacata da zona rural, foi quebrada pelo crescimento da violência que saiu dos grandes centros e explodiu nos pequenos municípios. Que diga a cidade de Lagoa Seca no Brejo paraibano. Assassinatos, roubos a estabelecimentos comerciais, furtos e invasão a residências e fazem parte da rotina da pacata cidade interior paraibano.

A última vítima foi a família do produtor rural Francisco de Assis Pereira da Silva, de 52 anos, conhecido popularmente como ‘De Assis’, morador do sítio Gravatá, na zona rural de Lagoa Seca,. A família do agricultor viveu momentos de pânico no início da noite desta terça-feira, dia 25 de junho. Eles estavam assando carne em uma fogueira de frente a residência quando por volta das 18h30, foram surpreendidos por um grupo formado por cinco bandidos, armados com revólveres e pistolas, “Nós estávamos na fogueira, do lado de fora da casa, fazendo uma farrinha com um churrasco, quando todos fomos surpreendidos” contou.

Os bandidos encapuzados e armados, estavam escondidos dentro do mato e surgiram de repente. Eles obrigaram a família a se deitar no terreiro da casa e fizeram um membro da família de refém pra entrar dentro da propriedade. Depois que fizeram o ‘rapa’ no local, eles saíram novamente e nos trancaram dentro do quarto as vítimas.

Os criminosos aparentavam ser experientes. Eles trancaram todos em um dos quartos da propriedade e fugiram levando dinheiro, celulares, celulares e ainda uma caminhonete pick-up Nissan Frontier ano 2013, de Placas OFA-5034/PB, uma motocicleta Honda Bross, de 150 cilindradas, de cor vermelha e placa MPV-2142/PB e ainda uma moto Honda Fan, de 125 cilindradas, de cor prata e placa OEU-2368/PB.

Depois do assalto, os ladrões fugiram com direção ao sítio Jenipapo. Várias equipes da Polícia Militar fizeram rondas na região, mas ninguém foi preso. Francisco de Assis Pereira da Silva é comerciante e produtor rural. Ele também é primo do presidente da câmara de vereadores de Lagoa Seca, o sindicalista Nelson Anacleto Pereira (PT).

PBAgora


Compartilhe no Google Plus

Sobre Administrador

Texto.
    Blogger Comment
    Facebook Comment