Câmara paga quase R$ 4 mi mensal para dá suporte a site

Dados foram disponibilizados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). confira matéria.


Após ser acusado por alguns membros da imprensa de comprar votos de alguns parlamentares para se eleger presidente da câmara municipal de Sousa, acusado de fazer farras com o dinheiro da câmara para vereadores em uma churrascaria da cidade e de dá 45 dias de férias corridos a todos os vereadores. Dr. Eduardo Medeiros (PTB), presidente da câmara de Sousa, está sendo alvo de várias denúncias com gastos excessivos na sua gestão.
 
Dessa vez, o parlamentar está pagando quase 4.000 R$ mensais ao senhor “Bruno Moreira de Queiroga”, para dá assistência e manutenção a parte de informática e ao site da câmara que está “fora do ar” desde do final do ano passado. De acordo com informações circuladas na imprensa de Sousa, o vereador Aldeone Abrantes (PTB), denunciou também que em seu gabinete estava sem “internet” há vários meses. “Temos que acabar com essa reeleição na câmara, todos nos temos direito de ser candidato. Alguns vereadores não estão satisfeito com o atual presidente que não cumpriu nada com ninguém. No meu gabinete nem se quer tem internet.”. Desabafou Aldeone em uma emissora da cidade.  
 
O empenho mostra pagamentos no valor de 3.800 R$, referente aos serviços prestados na manutenção e hospedagem de web site, administração de rede de internet e manutenção de computadores pertencente à casa legislativa sousense.  Até o final do ano, o senhor Bruno Queiroga terá recebido 28.800 R$ do dinheiro do povo. Bruno Moreira de Queiroga é irmão de “Adriano Moreira de Queiroga” que é assessor especial do presidente Dr. Eduardo Medeiros e presta serviços na casa Otacílio Gomes de Sá.

Fonte: Sousa Já
 
Compartilhe no Google Plus

Sobre Administrador

Texto.
    Blogger Comment
    Facebook Comment